Deutsches Reich

Reichsadelsurkunde

ilhelm III Ludwig, Imperador Alemão, Protetor da Áustria-Hungria, da Suíça e da Borgonha, Príncipe da Itália, Landgrave da Alta Alsácia, Burgrave da Estugarda, Duque de Schleswig e de Holstein, de Bérgamo e de Arber, Marquês de Rhodes, Conde de Hohenzollern e de Bunë, Barão Hafenfrölich e de Begej, Senhor de Landshut e de Bayreuth, Grão-Mestre da Ordem da Cruz de Ferro, Soberano da Ilustríssima Ordem do Cisne, Grão Colar da Ordem Imperial da Cruz de Santa Maria, Grande Cruz das Ordens do Tridente, de Nosso Senhor dos Navegantes e de Carlos Magno, Grande Oficial da Ordem da Águia Branca, Comendador das Ordens da Pérola Negra, de Palermo e da Flor-de-Lis, Cavaleiro da Régia Ordem Nacional de Schkoppe e da Real Ordem de Santo Estêvão, Oficial da Ordem de São Lourenço, Recipiente da Ordem da Águia Negra, Membro da Ordem da Fidelidade e Mérito da Eslávia e Portador da Cruz de Strauss.

aibam todos, neste décimo-sétimo dia de outubro de dois mil e dezenove, ao comemorarmos os dezessete anos da fundação do Reich alemão, que no livre exercício da dignidade que cabe a nosso ofício e da plenitude de nossa autoridade imperial, decidimos erigir na Saxônia o Palatinado de Eisenach, de acordo com os decretos atinentes, a cuja jurisdição entregamos inteiramente o terceiro distrito administrativo de Saxe-Weimar-Eisenach, conforme delimitado em primeiro de janeiro do ano de mil e novecentos.

neste momento criamos Palatino de Eisenach a pessoa de Sua Majestade o Rei da Prússia, para que se encarregue  de agora em diante da preservação com a confiança de nossa imperial majestade de seu patrimônio cultural e humano, representado pelo legado protestante transmitido pela cidade de Eisenach à história ao ser com efeito a localidade em nosso Império onde Martinho Lutero traduziu a Bíblia Sagrada para o idioma alemão, e também por haver servido de berço para o ilustre compositor Johann Sebastian Bach.

ão presentes a este diploma nobiliárquico imperial as armas do Palatinado de Eisenach, brasonadas pelo Reichsherold, cuja descrição foi-nos provida pelo Burgrave Alberto de Reichenberg, Passavante do Ofício Heráldico do Reich, da forma seguinte: escudo terciado em mantel, o primeiro quarto de azul com as armas de Martinho Lutero, o segundo de azul com uma lira de ouro e o terceiro de prata com um monte de verde rematado por um castelo de vermelho, aberto e iluminado de negro; encimada ao escudo, como timbre, a coroa de Conde Palatino; contornando o escudo a banda do grau Grão Cruz da Imperial Ordem da Cruz de Ferro; o escudo repousa sobre o manto heráldico do grau da média nobreza alemã.